Notícias e análises sobre o mundo da música.

Artigo: Como conseguir o som de guitarra do Slash sem gastar uma fortuna.

Você provavelmente já deve ter procurado pela internet como conseguir aquele som mélodico e fantástico da guitarra do Slash né? Se você ja procurou, de acordo com várias fontes, é muito simples.

Você compra alguma Gibson Slash Signature,um amplificador Marshall AFD Slash, e pronto!

Obviamente, se voce possui 10 mil reais ou mais para gastar com algo, fica tudo muito simples.Como eu não tenho essa grana toda, e você provalvemente tambem não, neste artigo eu vou sugerir uma ótima set-up que consegue reproduzir com maestria o som do Slash sem que voce tenha que vender um orgão para isso.

1 – Guitarra:

Um dos maiores erros de uma pessoa querendo o som do Slash é comprar uma Epiphone ou os modelos mais baratos da Gibson. Infelizmente a Gibson se vale muito do nome de sua marca e popularidade para elevar os preços.

Não me entenda errado, as guitarras Epiphone e os modelos mais baratos Gibson são bons, mas pelo preço que você paga, marcas como Washburn, Ibanez, Schecter e Carvin ou até mesmo Tagima oferecem guitarras de cair o queixo.

Os principais fatores que fazem o som do Slash são: Captadores Seymour Duncan Alnico – II, mogno para o corpo da guitarra, Cordas 0,11, e abuso dos captadores do braço(captadores de rythym).

Com isso em mente, a guitarra de melhor custo-benefício que consegue manejar essas especificações é a Schecter C-1 Custom.

A Schecter C-1 Custom possui 2 captadores Seymour Duncan, sendo o da ponte:Seymour Duncan Custom Custom SH-11 e o do braço:’59 SH-1N.
O braço da guitarra é feita de 3 partes de Maple, uma madeira que consegue reverberar tão bem quanto o Mogno.E o corpo é feito de Mogno sólido, assim como a Gibson Slash Signature.

O som da Schecter C-1 Custom é simplesmente fantástico. Ela consegue manter notas por um tempo inacreditavel, e o fretboard em ébano dá um certo tom crocante a mais para o som, fazendo a guitarra ser otima tanto para os solos melódicos de Slash(em Estranged por exemplo) quanto para o hard-rock gritante(em Paradise City).

Preço da Schecter C-1 Custom: 700 dolares,cerca de 1300 reais.
Preço de uma Gibson Slash Signature : 4 mil dolares, cerca de 7200 reais.

2 – Amplificador

Não há muito mistério no amplificador que o Slash usa. As versões signature Marshall dele nada mais são do que um bom amplificador valvulado que consegue suportar uma boa dose de frequencias baixas dando base para as frequencias altas sem misturar ela com o Mid-range.
Amplificadores valvulados bons são caros, então minha sugestão aqui é o amplificador não-valvulado Roland Cube 20x.

O Roland Cube 20x é um ótimo amplificador que consegue segurar a barra tão bem quanto um Marshall valvulado(embora para distorções mais potentes, nada é melhor que um bom amplificador valvulado)
O canal limpo dele também deixa qualquer guitarrista satisfeito, trazendo tons de qualquer genêro de música com maestria. Tocar a intro de Paradise City usando o canal limpo do Cube 20x é de fazer voce chorar do quão similar fica com o original.

O Cube 20x também oferece uma boa gama de efeitos e distorções.Para conseguir o tom pesado de Slash, use Distortion com médio gain e use uma leve dose de Delay para encorpar o som.
Para o tom leve mélodico meio Blues de Slash,use Overdrive com médio ganho e um pouco de reverb.
De acordo com a Gibson.com Slash usa:bass, 7; midrange, 4.5; treble, 7, mas teste um pouco por você mesmo e veja qual é a sua preferencia.

Preço do Roland Cube 20x: 550 reais

3 – O estilo do Slash

Além do equipamento do Slash, um dos pontos vitais para conseguir o som dele é ver como ele toca.Veja milhares de vezes, milhares de apresentações diferentes, e comece a sentir como ele toca. Cada um tem uma certa maneira de como pegar nas cordas, como palhetar, qual a força da palhetada, qual a palheta, a maneira que os dedos são usados, e as preferencias em questão de notas. Slash tem uma grande paixão pelo Blues e você consegue ouvir nos solos dele isso.
Uma última dica, O Slash usa muito uma técnica inventada pelo Eric Clapton em que ele usa o captador do braço com o knob de tom abaixado totalmente para o zero, fazendo a guitarra parecer que está cantando. Você consegue ouvir isso especialmente em Estranged.

Aqui está um video da Schecter C-1 Custom em ação.

Com o amplificador Roland Cube 20x usando Distortion e Delay médio(ambos já inclusos no amplificador) o som fica idêntico ao do vídeo.

Custo Final: 1850 reais.

 
Artigo escrito por Raphael, Palhetas e Baquetas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s